segunda-feira, 31 de maio de 2010

O leão nosso de cada dia.

O mês do trabalhador acabou!
Escrever toda semana para mim é um trabalho gostoso e as vezes árduo, mas é um trabalho.
E nunca se deve deixar um trabalho de lado mesmo que seja pra realizar outro.
Se você assumiu é porque é capaz! Acredite.
Se não deu certo hoje. Se você ta sem pique. Sem clima... Relaxa.
A gente mata um leão todo dia. E existem horrores de leões por aí. (risos)
Matemos-los!
E quando não conseguimos? Paciência.
Não é nada fácil aceitar as derrotas da vida.
Não é fácil aceitar os problemas da vida.
Sei lá, às vezes ficamos remoendo coisas velhas.
Guardando tudo no bauzinho das recordações tristes.
Que tal a gente parar com isso?
Vamos olhar pra frente!
Aprendemos muito mais com os erros do que com acertos. São coisas da vida.
Não se pode ganhar sempre. Não é só de vitórias que se vive.
Comece a juntar os fatos e perceba.
Você sempre cresce com estes acontecimentos. Todo mundo fica esperto depois de um tombo de bicicleta... aliás eu só caí uma vez! rss faz tanto tempo...
Sei que a gente fica mais forte.
A natureza das coisas diz isso.
A vida se refaz constantemente. A borboleta antes foi lagarta.
Para que provássemos a doçura do fruto uma flor teve que morrer.
As coisas são o que são.
O mundo não para até que resolvamos nossos problemas.
E você, por favor, não pare nunca!Não desista nunca!
Sê forte.
Viva e deixe viver.
Boa semana...
Beijo no coração.

12 comentários:

  1. Quero meu leão com vodca, tá? rsss

    ResponderExcluir
  2. Sabe o que é "massa" nos teus textos? Eles tem um dedinho de cada ingrediente básico pra levar uma vida tranquila...Uma pitada de "seriedade", outra de "visão panorâmica", uma colher de chá de "tapa na cara", uma xícara de "amor" e uma balde de "humor"...por isso você é o meu padrinho de casamento cara...amamos você...

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto !!! Vc está de parabéns, meu amigo querido, amado !!! Beijos ...

    ResponderExcluir
  4. Amoreeeeeeeeeeeeeee!!! Texto perfeito! P-A-R-A-B-E-N-S!!! Amuuuuuuuuuuuuuuu!!!

    ResponderExcluir
  5. O duro é quando o Leão vem em forma de fera jurássica com mutações genéticas e orçamentárias ultramodernas, por isso é preciso atualizar sempre o arsenal, pra matá-los, sorte dos que se armam de palavras, armas letais... bjao saudade papidrinho!!!

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto!!! Adorei! Bjus

    ResponderExcluir
  7. Bacana o texto. Melancólico apenas, parece a versão cacerense do "filtro solar", rss. Ainda assim, legal...Como escrevia em meu caderno minha professora da pré-escola: "Parabéns, continue assim!"

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Edson, meu querido!!!
    ótimo texto, adoreiii !!!
    "Lutar, sempreeeee.
    Desistir, jamais!!!"

    ResponderExcluir
  10. ótimo, isso! Trabalhar! A nossa vida é como a poesia, deve ser trabalhada, esculpida, arquitetada para depois ser peneirada e moldada, como fez João Cabral de Melo Neto numa perfeita semiótica da arquitetura com as palavras. E assim nós somos, como Carlos Drummond ou Manuel Bandeira, todo dia no duro oficil de construir e arquitetar poesia.Dedicação, eis a ferramenta nossa diária!

    ResponderExcluir
  11. Olá...

    Puxa que habilidade para eliminar leões,
    assim, ameniza nosso trabalho
    Ah... Boa lembrança a da bicicleta e com certeza antes de seguir em frente
    com certeza o tombo é certeiro..

    ResponderExcluir
  12. Esse eu adorei!!! achei magnífico mesmo
    Vc é de uma inteligencia sem medida...
    Sabia que quando eu crescer quero ser igualzinha
    vc!!!!!!!!!!!
    bjos... lindo!!!

    ResponderExcluir