sábado, 24 de julho de 2010

Eu digo: Eu te amo!

Por que não dizemos mais “eu te amo"?
Qual o medo de dizer essas palavras?
Em meio a tais indagações me proponho aqui a expor não só meus questionamentos, mas também minha opinião da importância e necessidade de dizer: eu te amo!

Dizer essas três palavrinhas é antes de tudo compromisso!
E, talvez, isso seja o maior problema de dizê-las.

Quando declaramos que amamos alguma coisa estamos nos comprometendo com a mesma.
Se for uma causa, assumimos sua bandeira!
Se for uma música, temos pra nós um hino que sempre que executado revela de alguma forma algo muito importante e pessoal.
Se for uma comida, significa que é algo que nos dá muito prazer, quase uma necessidade vivencial come-la.
E se for uma pessoa?
Bem, é aí que mora o perigo.
Das coisas acima, a causa, a música, a comida, amamos sem esperarmos sermos amados.
Das pessoas, não é tão simples assim. Pena ! Mas é a pura verdade.
Amar algo inanimado é fácil. Seu compromisso pode ser rompido a qualquer momento.
Quando se conhece outro melhor, diferente, maior, mais gostoso, mais sensível, ja se muda o "foco" do amor.
E com a pessoa? É melhor rir pra não chorar.
Nós, seres humanos, somos dotados de um intelecto que muitas vezes não compactua com o coração!
Bem, e de onde então deve brotar a frase: eu te amo?
Pois bem, digamos que é uma operação físico-quimica-raciono-sentimental-etc e tal. (risos) Não resolvi o problema, mas apontei um norte? (risos)
Calma, não cortem os pulsos!
Amar nem sempre condiz com a razão. (clichê né? rss, mas é boa a frase!)
Dizer eu te amo, é tão difícil assim?
Será que não podemos dizer eu te amo a todo tempo?
Então, no meu humilde ponto de vista, podemos, mas desde que haja “compromisso”.

Por que dizer eu te amo para alguém é acima de tudo declarar “eu aceito”, “eu acredito”, “eu me comprometo”.
Sem vulgarizar, banalizar, trivializar, dizer estas três palavras é tirar do peito um desejo não extravasado, contido, reservado.
Às vezes as pessoas não sabem que nós as amamos.
Muitos, infelizmente, morrem sem saber. Isto é triste!
Não dizemos eu te amo, tão somente, para nossos companheiros, mas dizemos para os pais, irmãos, primos, amigos, tios, vizinhos, conhecidos, etc.
Por que dizer eu te amo é, de certa forma, espalhar amor.
Cada vez que dizemos eu te amo fazemos nascer uma flor nos nossos olhos.
Juntos podemos cultivar um jardim de amor no mundo! De amor pelos outros, de amor pela VIDA!
E por falar em vida, a vida de duas pessoas que se amam pode e deve ser um grande jardim.
Dizer “eu te amo” deveria ser algo tão natural e normal quanto dizer “bom dia!”.

É uma tarefa para o hoje, não espere amanhã para dizer, diga agora: EU TE AMO!

Beijos e até a próxima!

Edson Flávio

11 comentários:

  1. Concordo, Cock.. q muita gente diz sem significado, ama e desama muito de repente..

    ResponderExcluir
  2. Olá Flavio meu escritor predilet!! com você cada dia que leio sinto mais vontade de ler e fico ansioso esperando a proxima insipiração!! Amar é algo extremamente complicado na minha opinião o amor é algo imensurável que sentimos mas que nos faz tão bem quando realmente dizemos com sinceridade. O verdadeiro amor existe muita gente que nunca sentiu, e tem aqueles que sentiram mas nunca disseram eu TE AMO.. por vergonha, por esquecimento e quando tentou dizer foi tarde demais esse amor já tinha ido embora... Portanto concordo plenamente quando sentir vontade e a necessidade desde que seja pleno e verdadeiro não podemos deixar nunca para amanhã.. Amigo obrigado pelo carinho e até o proximo texto..

    ResponderExcluir
  3. Amado ! Vc é demais ! Um texto melhor que o outro ... vc arrasa ! Beijos ♥

    ResponderExcluir
  4. É... Mais um texto bacana e bom para reflexão...
    Parece ser Tão fácil odiar e tão árdua a tarefa de AMAR... Precisamos nos arriscar, como pular de um precipício e imaginar alguém lá embaixoooo para nos amparar...

    Abraços Ed... Mais um texto com gostinho de qro + + +...

    ResponderExcluir
  5. Dizer Eu te amo não terá efeito duradouro se não haver o avivamento do amor.Dizer Eu te amo até que é fácil, podemos dizer isso atravez de uma música, por meio de uma brincadeira, por meio de um sorriso, por meio de um presente, por fim, por meio de inúmeras possibilidades, agora viver diariamente o eu te amo e externizá-lo em um momento de raiva, dúvida, tristeza, decpção, frustração, humilhação, decepção...por fim...o único e verdadeiro EU TE AMO, dito com toda a verdade do amor puro foi dito Por Jesus que nos amou e ama, e vem nos provando cotidianamente por séculos este amor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Amar é viver intensamente cada minuto de nossa vida como se fosse o último, o que inclui as pessoas que dala fazem parte. E esse amor tem que ser demonstrado, não basta amar é preciso provar: com palavras, com carinhos e gestos que expressem esse sentimento tão lindo que é o amor!Por isso Édson concordo plenamente com você! Parabéns!!!!!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. A facilidade de dizer eu odeio em vez de dizer eu te amo vem justamente dessa palavra temida por todos nós "compromisso", mas te tanto n dizer, fikamos enferrujados e pessoas que mereceriam ouvir isso de nós passam e não sabem o quanto são amadas. Portanto é melhor se arrepender por termos dito do que por não termos dito, sendo assim, viva o verbo AMAR!!!

    ResponderExcluir
  9. Concordo com seu belo texto, meu professor querido. nada melhor que ler esse texto numa segunda-feira! Quantas vezes trabalhamos anos e anos sem perceber o colega de trabalho, sem se quer dizer ou ouvir as tres palavrinhas: Eu te amo!Que bom que eu acabei de receber a oportunidade de te dizer EU TE AMO!
    Beijos,
    CELICA

    ResponderExcluir
  10. E hoje em dia, como é que se diz: "Eu te amo."?
    Vamos fazer um filme, Renato Russo..

    ResponderExcluir